• ACOPAMEC

Sessão especial 30 Anos da ACOPAMEC

O mês de outubro, para ACOPAMEC é muito especial. É nesse mês, no dia 29 de outubro, que a Associação das Comunidades Paroquiais de Mata Escura e Calabetão - ACOPAMEC comemora a sua fundação. Este ano completamos três décadas! São 30 anos trabalhando em defesa da vida e da dignidade humana.


Abrindo as comemorações com chave de ouro, no dia 01 de outubro, aconteceu uma Sessão Especial homenageando a história da entidade que, há três décadas, promove a formação e a proteção integral de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade nos bairros de Mata Escura, Calabetão e adjacências.


O evento teve início às 14h30, no Plenário da Câmara Municipal de Salvador, por iniciativa da vereadora Marta Rodrigues (PT). Devido a pandemia a sessão aconteceu no formato semi presencial, estando na Câmara junto a vereadora a assistente social e vice presidente da ACOPAMEC, Josélia Duarte, e o coordenador de projetos da ACOPAMEC e Conselheiro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), diácono Gildásio Francisco. Contamos também com a participação on line dos convidados: Pe. Miguel Ramon, presidente da ACOPAMEC, Ana Paula Rosário, ex acolhida das Casas-lares da ACOPAMEC, BIO - Graduanda em Ciências Sociais, ativista do Odara - Instituto da Mulher Negra, Ciberativista do Canal Corpo Político e articuladora da Articulação Nacional de Negras Jovens Feministas, Renildo Barbosa, ex-presidente do CMDCA e CMASS, Conselheiro de Direitos da Criança e Adolescente - CMDCA Salvador, Educador Social e Gestor Público.


Completando o time de participantes, Tiago Gomes, ex- jovem aprendiz da ACOPAMEC e colaborador da Coelba Neonergia e Manoel Vitor de Jesus, assessor de diretoria da Empresa Morel Montagens de Redes Elétricas LTDA, uma empresa parceira da ACOPAMEC.



"A ACOPAMEC realiza políticas públicas, busca garantia de direitos, forma dignamente pessoas”.


Marta Rodrigues iniciou o evento saudando aos participantes e toda audiência da sessão que foi transmitida pelo Facebook e Tv Câmara, canal 12.3. Reforçou ser uma alegria e honra prestar homenagem à instituição que há três décadas vem construindo um futuro digno para crianças, adolescentes, jovens e famílias dos bairros de Mata Escura, Calabetão e adjacências. "A ACOPAMEC realiza políticas públicas, busca garantia de direitos, forma dignamente pessoas, permite sonhos, promove belas histórias, todas elas de muito amor e emoção. Sempre me emociono ao ir na ACOPAMEC e vê tanta beleza", afirmou .


Após sua fala, padre Miguel Ramon fez um breve relato sobre a história de fundação da ACOPAMEC e todo caminho de desafios percorrido pela instituição até chegar aos trinta anos com o mesmo compromisso firmado de cuidado, atenção e proteção aos mais empobrecidos, entre eles crianças, adolescentes, jovens e suas famílias. "Ao longo dessas três décadas buscamos garantir direitos a todos os públicos que precisam de nós. Damos voz a juventude, protegemos as crianças e a todos e todas que sofrem de todas as violências, qualificamos através da educação, investimos na promoção do lazer, nos cursos profissionalizantes, entre outros serviços, sobretudo, resgatando pessoas e vidas, pois essas vidas, precisam ser em abundância", disse padre Miguel.



“Damos voz a juventude, protegemos as crianças e a todos e todas que sofrem de todas as violências”.

Josélia Duarte, rememoriou o profetismo da ACOPAMEC que, a partir da fé, espiritualidade e necessidade de construir uma sociedade mais justa e igualitária, deu-se o ponto de partida para a existência da ACOPAMEC.


Diácono Gildásio Francisco em sua fala enfatizou que a ACOPAMEC é motivada pelo amor guiado pelas palavras de Deus, como Jesus nos convoca. Afirmou que a organização é uma entidade reconhecida na proteção e preservação de crianças e adolescentes junto a órgãos e sociedade civil e que, atualmente, ocupa o segundo mandato no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Salvador – CMDCA. Finalizou fazendo memória que em reconhecimento ao sério trabalho desenvolvido pela ACOPAMEC que este ano, recebemos um prêmio na categoria “Ação Social”, através da Câmara de Comércio Brasil Espanha - CCBE. A homenagem aconteceu em Madrid, na Espanha.


"Em reconhecimento ao sério trabalho a ACOPAMEC foi premiada na Espanha" na categoria "Ação Social."

Renildo Barbosa que há anos esteve como presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Salvador revelou sua emoção em participar desse momento festivo da ACOPAMEC, reconhecendo a importância da nossa atuação junto as crianças e adolescentes vulneráveis, como um marco referencial de luta a favor do povo, de resistência e de muita esperança. "Quem chega no bairro de Mata Escura sabe que é a ACOPAMEC a grande referência. Um prédio que já teve muitas cores, brincou. A ACOPAMEC é símbolo de amor, generosidade e acolhimento a todo e qualquer ser que bate em sua porta, entendendo sempre a sua dificuldade, acolhendo e caminhando junto", conclui.


Renildo Barbosa
Renildo Barbosa













Um dos momentos mais emocionantes da sessão foi ouvir o depoimento da Ana Paula Rosário, ex – acolhida das Casas-lares da ACOPAMEC. Ana destacou que seu acolhimento aconteceu em um momento muito importante da sua vida, quando sofria ameaças de vida. Foi nessa época que a mesma esteve sob a proteção da ACOPAME que ela reconhece que sua vida ganhou um outro sentido, com rumo a um futuro promissor e de muitas realizações pessoais, profissionais e enquanto cidadã. "Na ACOPAMEC estudei, passei por aprendizagem e tive oportunidade de adentrar espaços de construção cidadã, de militância, de olhar e consciência pela luta por políticas públicas que ajuda na vida de dignidade do ser humano. Sinto-me privilegiada. Enquanto mulher negra, da periferia, com acessos tão limitantes e que não são preenchidos pelo governo como deveria ser, foi a ACOPAMEC que me permitiu ser privilegiada. Costumo dizer que a entidade resume-se no acolher, compreender e promover, exatamente como aconteceu comigo. É isso que a instituição oferece a qualquer pessoa: mudança, transformação, acolhimento. Sou feliz e sou só gratidão por toda oportunidade. A ACOPAMEC permitiu que eu me encontrasse comigo mesma", finalizou.


"Enquanto mulher negra, foi a ACOPAMEC que me permitiu ser privilegiada. A entidade resume-se no acolher, compreender e promover."


Já o Manoel Vitor da empresa parceira Morel Montagens de Redes Elétricas LTDA, destacou a importância da nossa entidade recrutar os(as) jovens da Comunidade, e dessa forma encaminhá-los ao mercado de trabalho, partir da relação estabelecida com as empresas. “O que a ACOPAMEC vem fazendo com esses(as) jovens é uma ação positiva e que garante dignidade a eles e elas e as suas famílias. Todos(as) têm a oportunidade de trilhar ótimos caminhos e para nós da Morel é uma felicidade essa parceria", contou.


Manoel Vitor
Manoel Vitor











Finalizando as participações, Tiago Gomes nos encheu de orgulho e esperança!

Ex educando da ACOPAMEC, durante um ano esteve no curso de eletricidade predial. Como resultado Tiago, assim como tantos outros jovens, foi encaminhado para o mercado de trabalho, tornou-se jovem aprendiz na empresa Coelba Neonergia e hoje ele é funcionário contratado! "Estou aqui pra dizer com muita alegria que eu fui impactado pela ACOPAMEC. Hoje tenho sonhos, me realizei profissionalmente e consigo ajudar a minha família. O curso de eletricidade predial que fiz de graça na ACOPAMEC abriu as portas pra mim. Antes eu não tinha perspectivas, não tinha um caminho. Eu mudei meu comportamento e muitas outras coisas. O impacto é muito grande, acredito que as pessoas nem imaginam e nem sabe medir, mas nós que somos impactados vemos nossas vidas transformadas. Na Mata Escura conhecemos um caminho mais fácil, uma realidade do tráfico. A ACOPAMEC te apresenta outra realidade, te apresenta o que é bom, o que precisamos para vencer na vida. Eu só tenho a agradecer a todos e todas da ACOPAMEC por essa ajuda", revela!


"Fui impactado pela ACOPAMEC. Hoje tenho sonhos, me realizei profissionalmente e consigo ajudar a minha família."

Durante a sessão contamos ainda com depoimentos, através de vídeos, de representantes de diversas empresas parceiras, órgãos, educandos, colaboradores, entidades religiosas, entre outros que reafirmaram a importante presença da ACOPAMEC no caminho de transformação social, garantias de direitos, políticas públicas e cidadania. E mostramos um pouco do nosso trabalho, através de intervenções artísticas: música, dança e capoeira.

A sessão especial foi considerada um sucesso tendo tido mais de 1,7 mil visualizações, 685 comentários e 31 compartilhamentos. Dá uma conferida nesse momento especial!