09 de novembro de 2020

Acopamec trinta anos: uma história de fé, amor e esperança

Pe. Miguel Ramon

Faz trinta anos que a Associação das Comunidades Paroquias de Mata Escura e Calabetão - ACOPAMEC atua na defesa e promoção dos direitos de crianças, adolescentes, jovens e seus familiares nos bairros de Mata Escura, Calabetão, bairros das adjacências, outras localidades de Salvador e até do interior do Estado.

A Acopamec iniciou-se como resposta ao grito por socorro da Pastoral da Criança que queria que fosse dada continuidade ao acompanhamento das suas crianças que passavam da idade de seis anos e que até então eram atendidas nas creches. Naquele tempo não tinha ainda muitas escolas públicas em Mata Escura e as lideranças comunitárias, assim como muitos pais ficavam preocupados com o futuro dos seus filhos e filhas. Assim surgiu a ideia de começar com uma escolinha na comunidade de Santo Antônio para trinta e três crianças.

Não quero aqui fazer um histórico do crescimento da Acopamec e de tudo que foi possível realizar nestes trinta anos. Precisaria de mais de um livro para contar as maravilhas que aconteceram nos diversos espaços paroquiais e no prédio que foi construído a partir de um galinheiro abandonado no meio de muito mato. Às vezes encontro pessoas que lembram os velhos tempos e me dizem brincando: a mata clareou. Não há dúvidas que com a Acopamec muita coisa mudou em Mata Escura, em Calabetão e nos bairros vizinhos. Houve, incontestavelmente grandes mudanças na vida de inúmeras famílias. Crianças e adolescentes foram acolhidos. Surgiram novas oportunidades de aprendizagem e de formação para adolescentes e jovens. A Mata, certamente, ficou menos escura!

Celebrar trinta anos, antes de tudo é uma oportunidade para agradecer a Deus e a Divina Providência, que através de muitos amigos e colaboradores derramou suas benções sobre a instituição e sobre todos que por ela passaram. É impossível lembrar ou mencionar todos. Sempre se corre o risco de esquecer um ou outro. Mas não posso deixar de trazer à memória ao Santo Papa João Paulo II, nosso maior benfeitor. Foi graças à sua doação inicial que conseguimos erguer o prédio central da Acopamec que leva o seu nome: Centro João Paulo II - Artesão da Paz. Em várias oportunidades ele nos mandou também uma bênção especial. Continuamos, portanto, contando com sua intercessão.

Mais de que relatar fatos e resultados, partilhar alegrias e tristezas, conquistas e derrotas, decepções e encantamentos, gostaria de resumir em três palavras esta bela história: fé, amor e esperança.

RECEBA NOTÍCIAS PELO CELULAR

Clique para fazer parte da nossa lista de transmissão.

Rua São Mateus, nº 06, Mata Escura

Salvador - Bahia, 41220-200

icone_whatsapp.png
  • acopamec_instagram
  • acopamec_facebook

© 2020 - Agência Kio