ACOPAMEC Ação cidadã na Comunidade Paz e

TESTEMUNHOS DA FÉ

O impacto do trabalho que realizamos há 30 anos é representado pelas histórias de transformação, testemunhos de quem trabalha na ACOPAMEC e depoimentos dos beneficiários da instituição.

Depoimentos

A ACOPAMEC pelo olhar de quem faz parte

ACOPAMEC_Depoimentos_Geisa.png

Geisa Santos de Souza

AUXILIAR ADMINISTRATIVO DO SETOR DA ADMINISTRAÇÃO DA ACOPAMEC

 

Desde criança que você sabe que a Acopamec é essa mãe disposta a ajudar. Daí você cresce e percebe que a entidade continua te dando todo suporte para você seguir com dignidade. Eu entrei na Acopamec desde criança, com apenas 6 anos, através do Projeto Visão Mundial. Com 15 anos fiz curso de artesanato, me tornei jovem aprendiz e tive a oportunidade de trabalhar na própria entidade e circular por vários setores o que permitiu que eu aprendesse muito. Hoje, estou com 25 anos e com muito orgulho e alegria sou funcionária da Acopamec. Trabalho aqui há 06 anos. Meu foco é concluir em breve minha faculdade. A minha visão é que se um dia acabar a Acopamec, acabou o bairro de Mata Escura que precisa muito do suporte da entidade. 

acopamec_faixa-2 copy 6.png
Estudos_Site_Acopamec_03-08_faixa-2 copy

Livros

Os livros escritos pelo Pe. Miguel Ramon são uma inspiração para o caminho de paz, da transformação e da fé. Adquira os exemplares e contribua com a instituição: toda renda da venda dos livros é revertida para a entidade.

acopamec_testemunhos_livro 1.png
Seguir Jesus, o Messias: Reflexões sobre a identidade cristã

 

O livro fala do caminho que Jesus nos propõe, na força do seu Espírito, em um processo de  conversão e libertação, que nos fará sair de nós mesmos, indo às periferias junto aos pobres, sendo compassivos, misericordiosos e solidários.

acopamec_testemunhos_livro 3.png
A alegria do Evangelho:
trinta temas para ler e partilhar a Exortação Apostólica do Papa Francisco

 

O livro facilita a leitura da Exortação Apostólica "Evangélico Gaudium", primeiro grande documento do Papa Francisco que reúne grandes inspirações do seu pastoreio.

acopamec_testemunhos_livro 2.png
Eu estarei contigo: a presença amorosa de Deus

Padre Miguel Ramon, a partir da própria caminhada de fé, procura partilhar reflexões sobre a presença misericordiosa e amorosa de Deus na vida das pessoas e das realidades em que estão inseridas.

Histórias de superação

Emocione-se com os relatos de quem viveu o nosso impacto

Paulinha, como gosta de ser chamada é a Ana Paula Rosário, graduanda em Ciências Sociais, ativista do Odara - Instituto da Mulher Negra, Ciberativista do Canal Corpo Político e articuladora da Articulação Nacional de Negras Jovens Feministas. Uma mulher negra, politizada e que sabe aonde quer chegar.

Ana Paula é mais uma das diversas jovens que teve a ACOPAMEC como a grande oportunidade de resignificar a sua vida. Oriunda do interior da Bahia, foi acolhida pelas Casas-lares da ACOPAMEC sob ameaça de morte. Na entidade conseguiu estudar, fazer cursos profissionalizantes e esteve inserida em rodas de conversas e fóruns de garantias de direitos que a despertou para uma militância e atuação política de muita base. Ana Paula intitula-se como uma joia lapidada, fruto de um projeto de muitas mãos, entre eles a Acopamec.

Para ela, a entidade para além da sua missão de acolher e proteger, carrega muito fortemente profissionais que amam o que fazem e que acolhem pessoas com um amor sem medidas, não importando a história que você traz consigo ou o que você tenha feito e, por isso, considera todos(as) como sua grande família. Ana, além de ter o tão sonhado trabalho que te realiza, também já conquistou sua casa própria e segue sua vida rumo ao um futuro cada vez mais promissor!

Atualmente, com 21 anos e com a profissão de eletricista, Tiago Gomes mora em Mata Escura, trabalha na Coelba Neonergia e procura viver sua vida, num passo a passo, para realizar a todo tempo seus sonhos.

 

Tendo acessado gratuitamente o curso de elétrica predial na Acopamec, Tiago conta com muita felicidade o quanto sua vida foi impactada e transformada pela entidade. Para ele é surpreendente a pessoa acessar um curso, concluir a formação, em seguida através do Setor de Emprego e Renda - SEMPRE ser encaminhado ao mercado de trabalho como jovem aprendiz e logo ser contratado, conforme foi a sua experiência.

 

De acordo com o jovem, a sua transformação ultrapassou os limites financeiros, visto que, a partir do momento que fez o curso na Acopamec ele aprendeu novos comportamentos, cidadania e conheceu outras pessoas que só te impulsionam,  diferentemente do que também é ofertado aos jovens no bairro, através do caminho do tráfico de drogas. Na Acopamec é possível ter um caminho diferente e de sucesso e o Tiago optou por esse caminho.

A Roseane dos Santos Pedreira, hoje com 24 anos, entrou na oficina de teatro da ACOPAMEC em 2010. Se apaixonou pela dança através de uma coreografia elaborada para um espetáculo.

Durante sua trajetória sofreu muito preconceito por seu corpo e teve problemas em conseguir apoio da família, mas o amor pela dança e pela arte era tão forte que, por mais difícil que fosse, nunca a fez desistir e deixar de acreditar na sua capacidade. Na ACOPAMEC, Roseane foi orientada a fazer testes para ingressar em outras escolas de dança, onde adquiriu ainda mais conhecimento.

 

Zukinha, como gosta de ser chamada, retornou para ACOPAMEC em 2017 e, dessa vez, como Educadora de Dança. Ela sempre afirma que, além de estar realizando seu sonho, está ajudando a realizar e transformar em realidade o sonho de cada criança e adolescente.

O Lucas Paiva dos Santos começou a participar das oficinas de violão em 2015, com apenas 11 anos. No início, teve muitas dificuldades pois se sentia pressionado em meio a tantos desafios e conflitos familiares.

Com o tempo, descobriu sua paixão pela música, se tornando um dos melhores alunos da turma, sempre muito responsável e dedicado. A mudança na sua autoestima era visível.

Em três anos, já fazia planos de crescer profissionalmente na área e foi assim que aconteceu. O grupo Ramon/ Cia de Violão, participou de um evento na Universidade Católica do Salvador (UCSal) e, por meio da influência do educador, o Lucas foi convidado a fazer parte da Neojibá (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia).

Artigos de fé

Celebrar a Páscoa em meio a pandemia e perceber sinais do Ressuscitado

Por Pe. Carlos Augusto Cruz

Um vírus, uma pandemia, vitimas fatais, dor, sofrimento e solidariedade

Pe. Carlos Augusto da Cruz Silva

Eleições Municipais 2020: Escolhas difíceis em tempos difíceis

Pe. Carlos Augusto da Cruz Silva

A ACOPAMEC e a comunidade católica

A ACOPAMEC surgiu a partir do trabalho realizado pela Pastoral da Criança e pela Pastoral do Menor da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e até hoje está ligada a Igreja Católica Apostólica Romana e seus ensinamentos.

Acompanhe as notícias e informações sobre a Igreja através das páginas oficiais da Arquidiocese de Salvador e do Vaticano.

Estudos_Site_Acopamec_03-08_faixa-1%2525